Tenha Bom Ânimo

Ministração: Ap. Levi Oliveira


Ao observarmos a vida dos crentes, na participação, dedicação, envolvimento, entrega, percebemos que seguimos uma linha decrescente e não são poucos os que acabam desistindo desta caminhada. Existem cinco fatores que podem e devem nos sustentar no propósito, acesos, ligados para que as bênçãos do Senhor se mantenham sobre nossas vidas e nós nos mantenhamos no propósito de Deus.

1) Senso de Missão (Mt. 28: 19-20): Deus colocou um propósito nobre sobre nossas vidas, desafios gigantes, problemas enormes que fazem com que percamos o senso de missão. Isso, não atrapalhou os discípulos de fazer tudo o que o Senhor os mandou fazer. O chamado de Deus é para todos conforme o Senhor determina. Ressuscitemos a consciência de missão que há em nós e busquemos em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua Justiça e assim estaremos cumprindo a missão para a qual Deus nos chamou.

2) Tenha Ânimo (II Ts. 2:16-17) – Estado da Alma:Ter ânimo é fundamental  para fazermos qualquer coisa, é ter postura e consciência é não se entregar. Reagir e se posicionar sem se curvar trazendo um novo decreto sobre a sua vida, verdades estabelecidas na palavra do Senhor, que terá sentido para a vida. Estamos em guerra e ninguém vence se não tiver ânimo.

3) Fé e Ousadia (intrepidez) (At. 4:29-31): Quando falta fé e ousadia para dar passos firmes em ambientes adversos, ser luz no meio das trevas, anunciar o evangelho em lugares difíceis, temos que tomar posse da manifestação da Glória de Deus, tem que ser algo normal em nossas vidas e isso nos da coragem para enfrentar adversidades. Somos igreja viva, consciente de quem somos  em cristo. Temos autoridade para desfazer as obras do inimigo. Onde entrarmos, entra a luz do mundo e o sal da terra.

4) Consciência de Filiação (Jo. 1:12): Eu sou filho de Deus. Quando temos consciência da filiação não deixamos de pensar que pai é pai e não interessa onde nos perdemos, pois o pai restaura toda a condição do filho porque ele tem consciência que  é filho, ao contrário de outros que se colocam como empregados. Muitos, não tem certeza da sua filiação em Deus, perdem a conexão de filhos, não ouvem mais a voz do pai e acabam deixando de ser filhos.

5) Alegria:  A alegria de Deus não depende de coisas materiais ou terrenas, não depende de estar ou não com problemas e aflições. Um abismo chama outro abismo, e em pouco tempo estaremos sofrendo enfermidades físicas e dependência de medicamentos, mas existe uma saída: se encha do Espírito e a da alegria do Senhor que estará sobre você, que venha o óleo de alegria, as vestes de louvor, a coroa em vez de cinzas para que você não seja um crente comum que não vai deixar legados e marcas. Fomos chamados para despertar, para estarmos cheios da alegria do Espírito, para sermos “filhos” do Deus altíssimo e nada poderá nos deter. Temos força, ânimo e até a tristeza saltará de alegria, diante do Poder e da Glória da qual o Senhor nos revestirá, se renove no Espírito e no Poder daquele que te chama de FILHO.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.