Ministração: Ap. Levi Oliveira
Texto Base: Colossenses 3:1-8


Colossenses 3:1-8 – “Se, pois, fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória. Exterminai, pois, as vossas inclinações carnais; a prostituição, a impureza, a paixão, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; nas quais também em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas; mas agora despojai-vos também de tudo isto: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca;”

A palavra de Deus é enfática sobre relações ilícitas que vem sendo distorcidas ao longo do tempo, até mesmo dentro da igreja. A não observação deste princípio tem trazido muito prejuízo ao corpo de cristo, acompanhados de ruínas, destruições e desgraças.

A vida eterna se manifesta na ressurreição. Há promessa de Deus para o seu povo, para que sejamos santos, como Ele é santo, é que morra nossa natureza terrena, pecaminosa, cheia de impurezas, adultério, lascívia e prostituição que são os motivos que fazem com que a ira de deus venha sobre nossas vidas.

Deus nos trata como santos, pois fomos tirados das trevas e chamados para viver uma vida de santidade. Somos seus filhos e nossa preocupação é que nossos filhos não sejam desviados do caminho pelo diabo, o qual, quer nossa destruição.

Existem pecados que são para a morte e outros não.

Toda relação fora do casamento é pornéia e é pecado. A pornéia tem contaminado o mundo. Sabemos que a rota do mundo é ladeira abaixo, com valores decrescentes.

O homem estará perdido, formando uma geração assimilada pela pornéia, perdido entre o que é bom senso e o que não é. Devemos nos santificar mais e mais.

A prostituição e toda a sorte de impurezas cercam nossas vidas todos os dias. Existem formas de homens e mulheres se apresentarem diante de Deus e diante da igreja, precisamos de uma igreja saudável, que transborde vida e que tenha herança no Reino de Deus (Ef. 5:3-4). Não existe herança no reino para os filhos da desobediência, são aqueles que se lançam contra Deus (não somos nós), e sobre estes, os ímpios, é que vem a ira do senhor. (Ef 5:5)

Vivemos um tempo em que o sentido da vida é o que nos causa prazer e se praticarmos as mesmas ações dos ímpios, a ira de Deus também virá sobre nós. Em (I Co. 13:8) o Senhor diz que o amor jamais acaba, pois amor não é o quanto o outro pode fazer por mim mas sim o quanto eu estou disposto a fazer pela felicidade do outro. Não podemos perder nossos filhos para o mundo, para a porneia pois esse motivo levou Deus a destruir cidades inteiras. O temor a Deus tem que ser restabelecido, restaurado e aplicado.

A vontade de Deus é nossa santificação, que nosso corpo seja santo e honrado e que nos abstenhamos da pornéia. Nossa natureza carnal tem que morrer todos os dias e se rejeitamos a isso, rejeitamos a deus. Nós não nos pertencemos mais, temos que ter consciência que cristo vive em nós. Nosso corpo está ligado diretamente a Deus e o que pratica a pornéia peca contra o próprio corpo, traz imundícies para dentro do santo dos santos pecando contra o templo do Espírito Santo. (I Cor 6:15-20).

Como vencer a porneia :

  1. Casar e ser fiel dentro do casamento: Meu corpo pertence ao meu amado e o corpo do meu amado me pertence, nunca se negue ao seu amado(a). (I Co. 7:4-6)
  2. Fugir da impureza: Fugir da impureza, da porneia, afastar seus olhos do pecado (I Cor 6:18)

O Senhor nos chama para nos lavar no seu sangue e restaurar a vida da igreja.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.