Como uma crise se Instala e como Deus nos tira delas?

Ministração: Ap. Levi Oliveira
Texto Base: Tiago 5:16-17


Tiago 5:16-17 – “Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra.”

Algum dia você já se sentiu em pânico, oprimido, sozinho, com vontade de abandonar tudo ou até mesmo com vontade de morrer?

No texto em epígrafe Tiago fala a respeito do profeta Elias, um homem como nós sujeito aos mesmos sentimentos. Todavia, Elias era um homem de Deus, que agradava tanto a Ele a ponto do Senhor tomá-lo para si sem que passasse pela morte. A Bíblia nos relata apenas dois homens que não passaram pela morte, Enoque e Elias. No evento da transfiguração de Jesus, quando foi ao monte com seus discípulos, Jesus teve seu corpo revestido de glória e com Ele estavam Moisés e Elias. Moisés representando a Lei e Elias os profetas. Deus fala sobre ouvir a Jesus o seu filho, revestido que estava revestido de autoridade da Lei e da autoridade dos profetas.

I Reis 16:34 – “Em seus dias Hiel, o betelita, edificou a Jericó; em Abirão, seu primogênito, a fundou, e em Segube, seu filho menor, pôs as suas portas; conforme a palavra do Senhor, que falara pelo ministério de Josué, filho de Num.”

Jericó ensina sobre fortalezas, pensamentos enraizados, padrões mentais.

1) O surgimento de Elias. I Reis 17:1-8 

Elias afronta o rei por causa da sua idolatria e determina que não chova sobre Israel por 3,5 anos. A partir daí Elias passa a viver com limites, escondido, com fome, bebendo água de um ribeiro e sendo alimentado por corvos, os quais Deus mudou a sua natureza para que alimentassem o profeta.

a) Versículo 12 Elias é apresentado ao problema da morte de terceiros, quando encontra a viúva que estava numa condição precária, e como sendo homem de Deus ele deu a palavra que fora incumbido pelo Senhor. E aquela viúva dá uma lição de oferta, quando reconhecendo o homem de Deus que lhe falava, obedeceu.

b) Versículos 17 e 18 O filho da viúva adoece e morre e Elias é pressionado com o conflito da mulher. Elias entrou em culpa.

A culpa pode nos consumir. Quando entramos em culpa nos sentimos responsáveis por algo. Precisamos entender que a culpa vai contra o Espírito da Graça:

Ap. 12:10 – O diabo se concentra na pessoa
I Co. 7:10 – Deus se concentra no pecado

c) Versículos 19 e 20: Elias se apresenta a Deus com queixas – Tudo o que faço dá errado.

Nova ameaça de culpa: I Reis 18

d) Versículos 10 a 12: Com a declaração de Obadias, Elias novamente sente-se culpado pela situação em que tudo se encontrava.

e) Versículos 17 e 18: Elias é acusado de perturbador. Todo o restaurador tem má fama.

f) Versículo 19: Elias impõe um limite

g) Versículo 21: Elias tinha a expectativa que todo o povo iria largar a baal e se dobrar a Deus. Entretanto, isso não aconteceu. A expectativa pode nos adoecer se essa não for a vontade de Deus.
Não crie expectativas próprias, não espere o que Deus não te falou, espere o tempo de Deus.

i) Versículos 27-37: Elias estava agressivo e zombava. Deus não tolera zombaria (Pv. 21:24) Pessoas irônicas dão tapa com luva de pelica, isso é agressão.

Capítulo 19:1-4 O profeta tem uma crise de pânico e tem desejos de morte.
Quando a dor é extrema, o pensamento de morte parece ser a “solução” ou um “alívio”. Este pensamento tem que ser repreendido.
Elias se compara a seus pais. A comparação é algo maligno, serve para colocar alguém acima e alguém abaixo.
Elias fica na solidão. Quando caminhamos numa rota de solidão temos a sensação de sermos incompreendidos.

SAÍDA PARA A CRISE

1) Versículos 5, 6 e 7 = Precisamos cuidar do corpo

  1. O sono é vital pois desacelera o pensamento;
  2. Na crise não nos damos conta do básico

2) Versículos 8, 9 e 10 = Elias tinha que por para fora toda a sua angústia

  1. Ele acreditava numa mentira: Estar só.

3) Versículos 11 e 12 = Sair das nossas limitações e da hiperatividade.

  1. O Senhor estava na calmaria
  2. Na calmaria ouvimos a voz de Deus.

4) Versículos 13-18 = Elia teve de falar novamente da sua crise.

  1. O Senhor corrige a expectativa de Elias

Quem sabe você está sofrendo por causa de expectativas que não se cumprem?
É tempo de ouvir a voz e esperar o tempo de Deus.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.