Ministração: Ap. Levi Oliveira
Texto Base: Hebreus 12:1-15


Hebreus 12:1-15 – “Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem. Na luta contra o pecado, vocês ainda não resistiram até o ponto de derramar o próprio sangue. Vocês se esqueceram da palavra de ânimo que ele lhes dirige como a filhos: “Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor, nem se magoe com a sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga todo aquele a quem aceita como filho”. Suportem as dificuldades, recebendo-as como disciplina; Deus os trata como filhos. Pois, qual o filho que não é disciplinado por seu pai? Se vocês não são disciplinados, e a disciplina é para todos os filhos, então vocês não são filhos legítimos, mas sim ilegítimos. Além disso, tínhamos pais humanos que nos disciplinavam, e nós os respeitávamos. Quanto mais devemos submeter-nos ao Pai dos espíritos, para assim vivermos! Nossos pais nos disciplinavam por curto período, segundo lhes parecia melhor; mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para que participemos da sua santidade. Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados. Portanto, fortaleçam as mãos enfraquecidas e os joelhos vacilantes. “Façam caminhos retos para os seus pés”, para que o manco não se desvie, mas antes seja curado. Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor. Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos.”

Deus nos chama para que olhemos ao nosso redor e percebamos a nuvem de testemunhos a nossa volta. Quando Jesus entra em nossa vida, tudo muda. O pecado nos assedia somos tentados e existe uma força que atrai o homem para fora do caminho de Deus. Ser tentado não é pecado, pecado é ceder à tentação, mas, se resistirmos se não nos faltar perseverança, nós chegaremos ao final da carreira proposta por Deus para nossas vidas. Para andar na carreira da fé temos que tomar uma posição. Deus não nos isenta de nossa cota de responsabilidades, Ele quer que tenhamos atitude e que olhemos firmemente para o autor e consumador da nossa fé. Existe para nós uma carreira proposta por Deus, mas, quando tiramos os olhos do senhor e olhamos para os problemas, nos sentimos travados, limitados e, acabamos tropeçando nas circunstâncias difíceis que se apresentam. Tirar os olhos do senhor, e olhar para homens só vai fazer com que afundemos na desesperança, mas, se mantivermos nosso olhar fixo no senhor, faremos coisas consideradas humanamente impossíveis. Homens são falhos e nos decepcionam e depende de nós, ser e ter testemunho exemplar, não tirar os olhos do senhor, para que continuemos sendo igreja, corpo vivo, remidos no senhor e que tiveram suas vestes lavadas no sangue do cordeiro. A carreira só é vencida no final. A carreira que Deus projetou para nós pode ser interrompida e muitas vezes temos que retomá-la do início, porque tiramos os olhos do senhor o que nos traz cansaço, desânimo e muitas vezes desistência porque esquecemos o que Jesus suportou por nós. Não olhar para Jesus nos traz peso, vamos nos apagando, nos desligando e desmaiamos em nossa alma e passamos a viver de cansaço e desânimo e neste momento, o senhor vem para nos trazer correção, nos repreender, nos reprovar e chamar nossa atenção para prosseguirmos na carreira que Ele traçou para cada um de nós e nos diz: acorda, desperta tu que dormes, acorda tu que dormes não há mais tempo a perder (Ef. 5:14).a hora se aproxima, não haverá avisos, estejamos atentos e preparados para que surpresas desagradáveis não aconteçam mas que quando Ele chegue, nos encontre firmados na carreira traçada por Ele. Eu sou do meu amado e Ele é meu. É o tempo de restabelecer as mãos que realizavam obras e agora estão descaídas, cansadas, é o tempo de curar joelhos trôpegos, que não se sustentam que não tem postura, é tempo de pés retos na caminhada. Sigamos em paz com todos e a santificação estará sobre nós, nos livrando de pesos e pecados. Sem santificação não veremos o senhor. (Hb. 12:14). Estejamos atentos para que em nossos corações não se criem raízes de amargura que possam brotar e contaminar a outros, esta não é nossa carreira. Preparemo-nos irmãos que a hora está chegando, permaneçamos retos, avancemos, tomando cuidado com falsas doutrinas que aparecem diante de nossas vidas, pois não somos dos que retrocedem e que possamos encerrar como Paulo, dizendo a todos:

“Combati o bom combate, encerrei a carreira e guardei a fé.” (II Tm. 4:7).

 


AVISOS:

  • 15/09Vigília todas as igreja de Santa MariaLocal: Igreja Batista Ágape –  End. Faixa para Rosário – Horário: 22:30
  • 19/09Jantar na IBN com Maragatos de CristoHorário:  19h (Prédio 2) – Convites com Pr. Ronaldo
  • 20/09Mateada IBN – Informações com Pr. Eloir – Horário: 13:00

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.